A safadeza da gorjeta

Meses atrás meu pai veio me visitar. Agora, meu pai é um cara tolerante, compreensivo, boa praça, sujeito bacana mesmo. Tem pouca coisa nesse mundo que tira ele do sério.

Descobri que uma delas é o sistema americano da gorjeta.

Pensa o seguinte: pra começar, meu pai chega em Boston já tendo que multiplicar o preço de tudo por 4. Quatro! O café da Starbucks (olha ele aqui ‘traveiz!) que já é caro pra qualquer assalariado classe média americano fica, pro turista brasileiro, com preço de filé mignon. Vai um café com leite por R$20?

Então o sujeito já chega ressabiado, doído de pedir uma Budweiser long neck por 8 dólares (yep, 32 reais. Só em Boston e no terminal internacional de Guarulhos) e quando vai acertar a conta, olhe veja: tem que pagar na verdade $9,50. Isso mesmo, passa pra cá mais 6 reais assim, de graça, deixa pro santo.

O-QUÊ?!

Tenho que dizer também que meu pai é… assertivo com dinheiro, então qualquer tentativa de golpe, tumé ou pegadinha do Malandro nesse sentido ele já roda a baiana. E nessa situação não deu outra, ele ficou indignado – não só pelo preço absurdo da cerveja pra começo de conversa– mas por sentir que não estavam sendo honestos com ele botando “Budweiser – $8” no cardápio. Porque já não dizer $9,50? Que palhaçada é essa?

Então bora explicar pro papi uma das primeiras lições que eu aprendi chegando aqui: acontece que na maioria das vezes, o preço que você vê em restaurantes, lojas e lugares de consumo em geral, não inclui impostos. No caso da cerveja aí de cima, o imposto é de uns 6%, que já dá uns 50 centavos. Num sei porque é assim, só sei que é. Então você pouco a pouco vai se acostumando a calcular uns 5-10% no preço inicial da etiqueta ou do cardápio. Ok.

Só que além disso, quando você vai pra qualquer – digo QUALQUER – bar, restaurante, botequim, muquifo, lanchonete, café, food-truck e variedades hipster do gênero – qualquer estabelecimento pra comer ou beber alguma coisa, automaticamente, você vai incluir na conta 15% de gorjeta. Não é gentileza, simpatia, não depende da malemolência do garçom. A não ser que o serviço tenha sido absolutamente fubá, leia-se cuspe no hambúrguer, espera de 2 horas pela comida ou o garçom ofendendo a sua mãe, esses 15% do serviço são simplesmente esperados.

E pasmem: no caso de você chegar diretamente pra sentar na bancada do bar e pedir uma singela Budweiser long-neck, e ter o “serviço” braçal de valor imensurável do sujeito abrir a garrafa pra você, o que acontece? Pimba! $1 PRA CADA CERVEJA que você pedir. Uhum.

Então imagina só a indignação do meu pai ao perceber que o esquema da gorjeta é esperado 100% das vezes é incluído no preço original das comidas no cardápio…nunca! What? Ou, na reação mais precisa do meu pai: Uai!?

Concordei demais, não faz o menor sentido. Eu tentei argumentar que garçom nos EUA recebe de salário fixo menos que a mesada semanal da minha prima de 7 anos, que é um pessoal que tá ali trabalhando pra pagar a dívida do empréstimo da faculdade, que eles podiam estar roubando, podiam estar matando, podiam estar tocando flauta peruana no seu trajeto de 50min no metrô pro aeroporto, mas estão ali, ralando pra tentar ser algo na vida e contam com o dinheiro da gorjeta pra pagar o aluguel.

Mas o argumento de papis é claro: porque colocar impostos e gorjeta como algo a parte? Porque essa enganação pro consumidor gente fina, honesto, falando que a cerveja vai custar $8 se necessariamente o preço final vai ser $9,50? É pai, tô contigo. Mais uma pra antologia de “Mistérios da cultura americana”.

Tô passando umas semanas de visita na Austrália e, devo dizer, recuperei o prazer em comprar comida. Vejo “Sanduíche por $9”. Pago $9. Café $3,50? Táqui três-e-cinquenta. Sim, o Universo faz sentido outra vez.

“É, aproveita, minha filha, que Boston te espera. Com impostos, gorjetas… e um frio de -20”.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s